São cadas vez mais insistentes os rumores que dão Paulo Bento como treinador do Porto na próxima época.

Espero bem que tais boatos não sejam verdadeiros pois vejo o ex- treinador sportinguista como um Octávio Machado numa versão mais refinada.


Jesualdo resolveu mais uma vez inventar numa deslocação a Inglaterra e o resultado como de costume foi desastroso. Ele que nunca primou por lançar jovens na equipa, resolveu lançar Nuno André Coelho  num jogo desta importância, a jogar  fora da sua posição habitual.

Simplesmente brilhante.

PS: Este desastre mostra igualmente o desastre que foi a importação de contentores de sul-americanos como Prediguer que supostamente seria o substituto de Fernando e acabou por nem ser inscrito na Champions


Depois dos jogos em Braga e na Luz, nova exibição confrangedora e derrota merecida em Alvalade. Impressiona tamanha irregularidade e a falta de ambição evidenciada nos clássicos desta temporada.  Em Londres acredito que tal não se vai repetir. Haja alguém que diga das boas a Jesualdo e ao plantel.


Jogo fantástico do Porto cilindrando o Sporting numa noite de sonho no Dragão, apenas abrandando na meia hora final.

Nem o excelente golo de Izmailov que surgiu do nada, quebrou o ímpeto da turma de Jesualdo com Falcão,Varela, Mariano,Bellushi e Ruben Michael em grande destaque.

Realço igualmente a exibição de Maicon que pela primeira vez vi jogar e me fez lembrar Pepe.

Vitória e exibição fundamental numa altura em que pairava alguma tensão no Dragão como aqui referi ontem.


Como temia, tanta conversa auto-confiante  durante a semana redundou num enorme fiasco, para o qual muito contribuiu Jesualdo com as suas típicas alterações pré-clássicos que nunca resultam.

A vitória do Benfica não se discute e  os encarnados colaram-se ao Braga na liderança da Liga.

É por coisas destas que Jesualdo ficará  no coração dos adeptos, pois como já aqui escrevi dos “cagões” não reza a história.

Para terminar, registo para nova confusão no túnel da Luz, situação que se repete por inúmeras vezes.


Realiza-se no domingo o grande clássico do futebol nacional. Muitos atribuem favoritismo ao Porto para este jogo dada a notória subida de forma e a perda de gás dos encarnados, mas algo me leva a crer que o Benfica vencerá este jogo. Espero bem estar enganado…

As equipas devem alinhar com:

SLB – Quim- M.Pereira, Luisão, Sidnei, David Luiz – Javi Garcia, C.Martins, Aimar, C.Peixoto – Cardozo, Saviola

FCP – Helton- Fucile, Rolando, B.Alves, A.Pereira – Fernando, R.Meireles, Guarin – Hulk, Falcão, Rodriguez


Com um terço de campeonato decorrido, Braga e Benfica lideram isolados com 5 pontos de avanço sobre um Porto medíocre, que parece jogar cada vez pior.

Concordo com MST quando diz que o Porto tem o plantel mais fraco dos últimos anos mas Jesualdo tem igualmente grandes responsabilidades pois é casmurro como tudo e passa a imagem de um treinador medroso incapaz de arriscar o que quer que seja. Para a história não ficam os “cagões”…

Obviamente que nada está perdido mas convêm mostrar algum futebol e em Janeiro ir recuperar alguma da juventude que está emprestada em vez de recorrer a mais contentores de sul-americanos.

 


Não foi brilhante mas foi indiscutível a vitória do Porto ontem em Nicósia, que garantiu o apuramento para os oitavos, com 2 jornadas por disputar, o que não deixa de ser notável.

Mesmo com a qualidade de jogo a deixar novamente muito a desejar, o espírito competitivo e a experiência europeia estiveram lá permitindo o quarto apuramento para os oitavos da era Jesualdo.

Estou certo que tanto a equipa técnica como o plantel têm consciência que terão de melhorar bastante para evitar futuros dissabores.

PS: A este nível não se podem falhar golos certos como os que Hulk e Falcão falharam. Com equipas mais fortes isso paga-se bem caro.

 


Hoje em Nicósia espero que o Porto não facilite e some mais 3 pontos que poderão garantir o apuramento para os oitavos caso o Atleti não vença o Chelsea.

Uma coisa é certa, exibições como aquelas diante da Briosa e do Belenenses não se poderão repetir e está na hora de a equipa encarar os 90 minutos de forma séria sem desleixos e faltas de concentração.

Uma vitória poderá fazer milagres no moral da equipa para os compromissos futuros.

Apoel – Porto 03h45 TDM

Prognóstico: 0-1 Autogolo de um jogador do Apoel


A vitória tangencial de ontem aliada à goleada do Chelsea desbravou um pouco mais o caminho para os oitavos, que podem ficar garantidos na próxima ronda caso o Porto ganhe em Chipre e o Atlético não vença.

Hulk finalmente marcou na Champions e tivemos outra boa notícia que foi a de Mariano não poder jogar pelo menos no próximo jogo. Como este rapaz é um dos capitães é um mistério digno do Sherlock Holmes.

Jogão em Madrid com o Milan a levar de vencida um Real que continua a defender miseravelmente. Não se ponham a toques e arriscam-se a outro 2-6 quando jogarem com o Barça.