Seria interessante alguém perguntar ao padre timorense, Domingos Soares, agora estabelecido em Macau, o que tem ele a dizer sobre o sequestro de dois jovens portugueses em Dili numa noite de Abril de 2005.

Advertisements