Argentina – Desde sempre, uma das minhas selecções favoritas, apresenta-se como sempre com um lote de belos jogadores, orientados por uma espécie de treinador.

Todo o caos provocado por Maradona, irá resultar numa prestação de 8 ou 80, contando com um lote de avançados do melhor que existe por esse mundo fora

Nigéria – Longe de possuir o estatuto que tinha na altura das Super-Águias, irá tentar aproveitar o facto de jogar no seu continente, para lograr o apuramento para os oitavos.

Grécia- É das selecções europeias mais fracas em prova e irá apostar numa boa organização defensiva, para lutar pelo segundo lugar.

Coreia do Sul- Milagres como o  de 2002 não se repetem e liderada por Park, tentará lograr pelo menos um ponto, para não ficar a zeros.

Prognóstico: Num grupo globalmente fraco, a Argentina não deverá ter dificuldades para garantir o primeiro lugar e aposto na Nigéria para o segundo lugar

Anúncios