“A Polícia Judiciária desligou hoje o FC Porto dos crimes que levaram a buscas nos escritórios da sua SAD, afirmando que o alvo é um cidadão belga suspeito de crimes fiscais. “Em causa está um processo belga, envolvendo um cidadão domiciliado fiscalmente naquele país e o FC Porto nada tem a ver com o caso”, disse uma fonte oficial da PJ, sem esclarecer se se trata do empresário italo-belga Luciano D’Onofrio”

Comparem a notícia com a capa deste pasquim de sarjeta. Depois admiram-se de serem corridos a pontapé .

Anúncios