O PC chinês aprovou  um novo código de ética contra a corrupção definindo um lote de 52 práticas consideradas inadmissíveis, para enfrentar a corrupção generalizada em todo o país.

Recorde-se que em 2009, foram levantadas cerca de 106 mil acusações de corrupção contra membros do partido e do governo.

O fenómeno da corrupção é encarado pelo Governo Central de Pequim como a grande ameaça à estabilidade do regime

Anúncios