Em Pequim sente-se uma histórica vaga de frio com os termómetros a descerem aos valores mais baixos dos últimos 40 anos. Para amanhã, por exemplo, estão previstas temperaturas mínimas de 12 graus negativos e máximas de 5 graus negativos!

Junte-se isto às ocasionais rajadas de vento gélido que sopram da Sibéria e imaginemos como devem andar os residentes da capital chinesa.

De certeza que poucos se arriscarão a andar de bicicleta .

Anúncios