O Birmigham City adquirido recentemente pelo magnata de Hong Kong,  Carsten Yeung, tem cerca de 33 milhões de euros disponíveis  para aquisições na reabertura do mercado.

Montante que não passa de peanuts face aos 100 milhões que o Man City tem prontos para gastar em Janeiro

Anúncios