Ainda estamos vivos e continuamos com algumas aspirações de estar na África do Sul após a vitória na Hungria. Rezam as crónicas que o jogo foi péssimo mas como se viu em Copenhaga, nesta altura a qualidade exibicional não conta para nada mas sim os 3 pontos.

Com o empate da Dinamarca na Albânia, tornou-se inviável um arranjinho no duelo nórdico de 10 de Outubro, pelo que nos resta esperar que a Suécia não vença.

PS: A Arábia Saudita de Peseiro falhou de forma inacreditável o apuramento para o playoff com a Nova Zelândia ao consentir o empate aos 90+4 depois de se adiantar aos 90+1. Existem treinadores com um tremendo “azar” nos momentos decisivos…

Advertisements