Aquele hábito bem português de procurar entrar para o livro dos recordes do Guiness pelas razões mais espatafúrdias.

A maior feijoada, o maior tacho de caracóis, a maior tela, a maior sopa etc. Tudo serve de pretexto para uns minutos de fama. Ridículo!

Anúncios