Registaram-se violentos confrontos na província de Xinjiang, noroeste da China que culminaram em 140 mortos e 800 feridos. Nesta zona cerca de um terço da população é de etnia uigur, de religião muçulmana.

Anúncios