Maio 2009



O Chelsea venceu ontem o Everton em Wembley, na final da FA Cup, marcando assim da melhor forma a despedida de Hiddink, que para  mim é o melhor treinador da actualidade.

Drogba e Lampard fizeram os golos da cambalhota no marcador, respondendo ao golo madrugador de Saha.

Termina assim da melhor forma a época para os Blues, que chegaram a ver a coisa muito mal parada com Scolari no banco.

Anúncios

Uma situação surreal. Um homem ameaçava cometer suicídio, devido a problemas financeiros e de repente outro homem farto de estar parado no trânsito, não vai de modas e empurra-o. Menos mal que o homem apenas sofreu ferimentos ligeiros, pois caiu num colchão ali colocado pela polícia.


Italy Soccer Champions League FinalVitória justíssima do Barça de Pep Guardiola na final de ontem, consagrando uma das melhores equipas que já vi jogar.

O golo de Eto´o no primeiro remate à baliza, marcou o rumo da partida e a partir daí assistiu-se a um festival blaugrana, com uma circulação de bola que deixa encantado qualquer adepto do bom futebol.

Ferguson cometeu um erro habitual nos treinadores portugueses ao alterar a equipa e esquema táctico habituais com medo do Barça, acabando por pagar bem caro.

Ronaldo foi dos melhores do Man Utd tentando remar contra a maré, nomeadamente nos primeiros minutos, onde esteve endiabrado.

Fica uma palavra para os dois baixinhos do meio campo, Xavi e Iniesta que são dos melhores jogadores da actualidade. Vidic, por sua vez mostrou como os jogadores da Premier League são muitas vezes sobrevalorizados, ao ser “partido” de todas as formas e feitios

O Barcelona consegue assim um histórico triplete, na época de estreia de Guardiola!


Hoje ouvi alguém na RFM apelidar João Pedro Pais de “pequeno Springsteen”. Ele que tal como  o intragável André Sardet canta músicas com letras dignas de uma criança de 5 anos.


Aí está a final mais apaixonante dos últimos anos. As duas melhores equipas da actualidade encontram-se no Olímpico de Roma para decidir quem levará para casa a Champions 2008/2009.

Num jogo de prognóstico completamente aberto, espero acima de tudo que seja um triunfo do “beautiful game”, sem autocarros e atitudes anti-desportivas.

O Barça apresenta-se sem Dani Alves e Abidal, ansiando pela recuperação de Iniesta e de Henry. Quanto ao Man Utd, apresenta-se quase na máxima força, apenas lamentando a baixa de Fletcher.

Pelas 2.45 de Macau, veremos se o novato Pep Guardiola consegue contrariar a experiência de Sir Alex Ferguson.

Equipas prováveis:

Barça – Valdés – Puyol, Piqué, Touré, Sylvinho – Busquets,Xavi,Iniesta – Messi, Henry, Etoo

Man Utd – Van Der Sar – O Shea ,Ferdinand,Vidic, Evra – Carrick, Anderson, Giggs, Park – Ronaldo, Rooney


“Se houvesse uma ASAE em Macau acho que tudo fechava”

Afirmação retirada deste excelente post do Mais a Oriente


PICT0419

Vista ali para os lados da Penha

Página seguinte »