É sensação muito estranha, quando encontro amigos da minha geração já casados e com filhos. Algo que para mim é impensável, pelo menos para já, é assumido por eles com toda a naturalidade.

Acredito que ser pai deve ser algo fantástico, mas gostaria apenas de o ser quando tiver conhecido os cinco cantos do mundo e  aproveitado a vida ao máximo.

Será isto um acto de egoísmo meu ?

Anúncios